Fundada no dia 27 de Agosto de 2005, a Nova Assembléia de Deus,veio para mudar sua vida,e convida a todos pra assistir aos cultos. Onde realizamos o culto da vitória e o impossivel pode acontecer na sua vida e domingos. onde juntos estaremos louvando e exaltando o nome do Senhor . Deus tem uma palavra ao teu coração.onde muitas pessoas já receberam milagres divinos. só falta você. Jesus te ama!












Deus muda o tempo
Deus muda a hora, só pra você passar e aquele que te humilhou, nesses dias veram a glória de Deus sobre a tua vida, Ele vai fazer chover sobre a tua vida bençãos que não se podem contar, pois tu és uma preciosidade para o Senhor, grandes são as investidas do inimigo com tua vida, mas Grande é aquele que tem o cajado em suas mãos, que abre porta onde não tem porta, que abre o mar onde não se tem mar, que cura o doente, que da de comer ao necessitado, aquele que um dia prometeu e ti a vitória, aquele que está lutando por você é o todo poderoso, Senhor dos céus e do terra e mar e tudo que há.Com poder, é assim que Jeová vai entrar na tua vida agora, com autoridade, repreendendo toda ação do maligno sobre a tua vida, tirando toda imperfeição, te consolando e cuidando das tuas feridas.


Se um dia sua fé se foi, e em milagres você deixou de acredita, volte a sonhar, porque o seu milagre está sendo gerado, a promessa de Deus vai se cumprir na tua vida, porque o inimigo é um derrotado, e grande é a força de Deus e seu amor por ti nunca, nunca terá fim, somente descansa em Papai, porque ele está fazendo uma grande obra, um avivamento sobrenatural sobre toda terra, levantado seus guerreiros e lhes dando vitória.


É chegado a hora de entregarmos a Deus o nosso melhor, e por mais que façamos ainda é pouco para quem um dia morreu por nós.




Graça e Paz  


por camila videres

Sacrifíco de Cruz

2 Corintios 5 : 15 e 17
·         15 -E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou.
·         17- Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.

Nessa páscoa nos cabe refletir e se perguntar: de que valeu  sacrifício de cruz? Para quem foi?
O sacrifício de cruz foi para mim e você, que cremos e aceitamos Jesus como nosso único e suficiente salvador, nós que negamos o mundo e tentamos viver segundo os mandamentos de Deus, nós que não temos inveja, rancor, raiva do irmão que está do nosso lado no culto, nós que somos imitadores de Cristo, nós que não tememos o mal pois temos um Deus que nos cobre debaixo de sua destra fiel e sobre sua destra fiel somos mais que vencedores, nós que não olhamos para traz lembrando o que perdemos, o que deixamos de ganhar, nós que cremos na vinda de Jesus, nós que obedecemos a Deus e ouvimos sua voz por mais baixa de suave que seja, nós que marcamos nossa geração com louvor e adoração ao Rei dos reis, Senhor dos senhores.
Tudo bem, as qualidades ai em cima não se tem todos os dias, mas tentamos, você tem que tentar pelo menos uma vez meu querido(a), porque de nada adiantaria morrer por um povo que de nada vale, você que é verdadeiramente cristão, tu tens um valor, Deus olha pra ti e diz: Essa é filha(o) que tanto amo, e que me orgulho.A verdade está em Deus, a verdade é Deus, e não há nada que possa tomar seu poder.De que adianta louvar ao Senhor no feriado e na semana toda sujar sua mão e sua boca com coisa imundas? De nada valerá abrir sua boca e dizer: EU CREIO EM DEUS.Saiba que existe uma grande diferença em CRER e CONHEÇER , muitas pessoas cree em Deus, outras conhecem.
Significado:
CRER -v. tr.
1. Dar fé a; acreditar.
2. Ter para si; julgar, supor.
v. intr.
3. Ter fé religiosa.
v. pron.
4. Julgar-se; confiar-se. 
CONHECER - (latim cognosco, -ere)
v. tr.
1. Ter conhecimento de.
2. Ter noção de, saber.
3. Ter relações com.
4. Saber quem (alguém) é.
5. Estar convencido de.
6. Distinguir.
7. Ver.
8. Ter indícios certos.
9. -
10. Tomar conhecimento.
11. Averiguar.
v. pron.
12. Ter perfeito conhecimento de si próprio, dos próprios méritos, do carácter!próprio. 

Conhecer Deus é muito melhor do que crer em Deus, você aceita a ressurreição de Cristo? Você sabia que Satanás queria acabar com a tua vida, fazer você de boneco, e no final te jogar fora? Foi então quando Deus disse, não Satanás, tem um povo que tu não pode tocar, esse povo é escolhido meu.Viver em Cristo é viver em paz, seguros debaixo das asas do nosso Pai celestial.Viver no mundo é negar essa salvação que é de graça, não se compra, a única coisa que temos que fazer é levar a cruz de Cristo, e não negar seu nome, porque ele morreu para que nós tivéssemos vida.
E ai? Vai continuar no mundo? Quer mesmo enfrentar a morte? Ou quer louvar a Deus pela sua salvação?
Deus te ama e te chama querido(a), seu amor e misericórdia são imensos, ele te acolhe como um pai que não se importa com o que o filho fez e deixou de fazer no passado, mas ele te dá um novo nome e de presente te dá um novo futuro, repleto de vitória e bênçãos, amor, carinho e perdão te esperam nessa caminhada com Cristo, vem tomar essa cruz, deixa esse amor te envolver, ser de Jesus Cristo..... É BOM DEMAIS.

Quem de fato é livre: Crente ou Mundano?

Uma das acusações que o cristianismo recebe é a de ser muito cerceador ou repressor. Diz-se que ser cristão ou um crente em Jesus é viver preso, sem qualquer liberdade ou permissão de fazer qualquer coisa que se deseja. Este pensamento diz que o crente está perdendo os prazeres da vida, ela está passando e ele não a está aproveitando. Em resumo a visão deste mundo sobre o crente é que ele é um tolo.

Quando compreendemos o que a Bíblia diz sobre o crente vemos que há um engano claro sobre este pensamento. Há uma pergunta que é muito pertinente sobre esse tema: quem é de fato livre, o crente em Jesus Cristo ou o incrédulo?

Para responder esta pergunta podemos nos valer de vários textos bíblicos, porém vamos usar apenas um versículo. O apóstolo Paulo lidou com o problema da liberdade cristã na igreja de Corinto e quando ele tratou desta questão. Em 1 Coríntios 6.12 está escrito: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. É provável que a primeira parte deste versículo fosse uma referência a um provérbio que estava se tornando popular entre os coríntios e Paulo o usa para ensinar-lhes sobre a verdadeira liberdade em Cristo.

Paulo afirma que todas as coisas são lícitas para o crente; e é verdade, pois todo pecado foi pago por Cristo na cruz. Paulo, entretanto acrescenta que nem tudo o que um crente faz será benéfico para ele. A palavra traduzida em nossas Bíblias como “lícitas” vem de uma palavra grega que quer dizer vantajoso, legal, proveitoso. Paulo está então dizendo que o crente pode fazer todas as coisas, mas nem tudo o que ele faz trará vantagem para ele. Isto não é falta de liberdade, muito pelo contrário, é a verdadeira expressão dela. O que o texto está dizendo é que o crente tem a liberdade de escolher fazer coisas vantajosas do ponto de vista espiritual, e que serão proveitosas para o seu relacionamento com Deus.

Esta é uma liberdade que só o crente tem. Aqueles que não têm Cristo só fazem aquilo que o pecado lhes ordena que seja feito. Jesus disse que eles são escravos do pecado (Jo 8.34). O crente é alguém que é livre para fazer tudo o que quiser. Quando ele faz o que é bom e correto diante de Deus, ainda que isso seja privação de algum prazer momentâneo, ele o faz não porque não foi livre para fazer de outro jeito. O crente o faz justamente porque usou de sua liberdade em Cristo e escolheu fazer o que é certo. Diferentemente, o incrédulo peca porque não tem outra opção, ele é escravo do pecado. Quem é o livre e quem é o escravo então?

Na frase seguinte do versículo Paulo faz outra afirmação interessante. Ele diz que todas as coisas são lícitas ao crente, mas ele não se deixará dominar por nenhuma delas. O crente é alguém que recebeu poder em Cristo para vencer o pecado. A expressão em português “me deixarei dominar” neste texto é tradução do grego que significa literalmente “estar sob a autoridade de”. Paulo afirma que ele não estaria mais sob a autoridade do pecado, ele foi liberto disso.

O crente em Jesus Cristo não tem mais o pecado como senhor de sua vida, ele não é mais escravo do pecado, mas sim de Cristo, que é amoroso, compreensivo, misericordioso e justo. Aqui temos mais uma diferença entre o crente e o incrédulo. É a diferença de domínio. O crente tem Jesus como Senhor, ele está sob o domínio do Salvador. O incrédulo está sob o domínio do pecado e o pecado é injusto, destruidor e enganador.

Enquanto está pecando, o incrédulo pensa que está sendo livre, no entanto ele é tão cego que não vê as correntes do pecado prendendo seus pés, mãos e até mesmo sua mente e boca. Ele está seguindo todas as ordenanças destruidoras do pecado. Em uma paráfrase podemos dizer o que Paulo está afirmando da seguinte maneira: “Eu sou livre em Cristo, por isso posso desobedecer às ordens que o pecado me dá”. Esta é uma liberdade que o incrédulo não tem. Ele está dominado pelo pecado, por isso não consegue deixar de pecar. Ele não é livre para vencer as tentações do adultério, ele não é livre para vencer as tentações da idolatria e da cobiça.

Quando faz estas coisas ele se gaba dizendo que é livre, porém ele não sabe que está sendo um pobre escravo, submisso, fraco, subjugado e obediente às ordens do pecado. Ele não é livre para controlar suas palavras, seus pensamentos, e suas atitudes. Ele pensa que tem domínio sobre estas coisas, mas são estas coisas que o dominam. Ele está preso. Como disse o jogador de basebol americano Jim Bouton: “Você gasta uma boa parte de sua vida segurando uma bola de basebol e no final descobre que era justamente o contrário o tempo todo”. O incrédulo pensa que está dominando quando na verdade está sendo dominado.

Quem é livre então? Quem de fato pode fazer o que é certo e agradável a Deus? Somente você que é crente em Cristo Jesus pode realmente dizer que é livre. Alegre-se, pois se você crê em Jesus, como a Bíblia diz, você é livre da enganosa liberdade do pecado.

Deus ama ao que oferta com Alegria.

A oferta é uma questão entre eu e Deus.

Ofertar depende da fé e do amor que eu tenho em Deus e não das minhas condições econômicas. Não é uma questão administrativa. Não é uma mensalidade ou taxa para pagar por serviços recebidos ou a receber. Não é uma invenção dos pastores, da diretoria e nem mesmo da igreja. Começou antes de existir tudo isso – com Abel. É maneira de adorar, honrar, glorificar a Deus.

Deus ama a quem oferta com alegria.

2 Coríntio 9:7 - Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.

Ofertar com alegria é fazê-lo de coração, de boa vontade, sentir prazer. Não por necessidade, porque precisa, mas porque quer. Não por obrigação, mas por uma decisão pessoal. Não para pagar por algo, mas em reconhecimento e gratidão por aquilo que Deus é para mim. Não para receber de volta, mas porque Deus já deu tudo. Não para ajudar a merecer o perdão, a paz e a salvação, mas como resposta, como serviço ao Senhor que já deu tudo isso.

O que nos impede de ofertar com alegria? Incredulidade (falta de fé, de confiança, quando Deus não ocupa o primeiro lugar no coração e na vida), ingratidão, materialismo, ganância, egoísmo.